Notícias

Policial ganhará bônus de até R$ 10 mil para reduzir crime em SP

A medida é parte de um pacote que será anunciado hoje pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) contra a alta de indicadores de violência. O pagamento começará a ser feito em 2014 –a partir dos resultados medidos no segundo semestre deste ano. O governo de São Paulo vai pagar um bônus semestral de até R$ 10 […]

Comunicado para a Turma de 2011

Todos os Policiais Militares que incluíram em 2011, tem uma diferença salarial de aproximadamente R$ 500,00 do período em que eram alunos.

DIRETORIA DA ACS SE REÚNE COM COMANDANTE GERAL

O Comandante Geral da PMMT recebeu em seu gabinete a diretoria a Associação de Cabos e Soldados PM/BM-MT que levou o resultado do encontro nacional de entidades representativas da categoria, que ocorreu em Brasília (DF) nos dias 9 e 10 de julho, para discutir duas pautas: aprovação da PEC 300 e do projeto de lei […]

LUTA PELA PEC 300

LUTA PELA PEC 300: ACSPMBM-MT participou de mobilização nacional Nos dias 09 e 10 de julho a diretoria da Associação de Cabos e Soldados MT, através de seu presidente CB Adão e do vice CB Joelson e do 1º SGT PM Carlos Roberto Dias, comandante de JUSCIMEIRA-MT, participou da mobilização nacional de associações que visava […]

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Diretor Presidente da Associação de Cabos e Soldados da Policia e Bombeiro Militar do Estado de Mato Grosso – ACSPMBM/MT, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, conforme Art. 11, inciso IV, Convoca seus Associados para participarem de uma Assembléia Geral Extraordinária

TURMA DE 2011

Todos os Policiais Militares que incluíram em 2011, tem uma diferença salarial de aproximadamente R$ 500,00 do período em que eram alunos.

REVISÃO DE APOSENTADORIA PROPORCIONAL

Conforme levantamento realizado, ficou constando que em alguns casos houve um erro de interpretação no que trata da fórmula de cálculo de aposentadoria de Policiais e Bombeiros Militares que foram de forma proporcional.

Taques critica situação da Rotam

“Imaginem, é uma equipe especializada em distúrbios civis e não existem equipamentos necessários para que eles possam exercer as suas atribuições. Faltam até escudos e os capacetes”, disse