ACS MT
JOSÉ RIVA CONVIDA ASSOCIAÇÕES DOS MILITARES PARA DISCUTIR E FORMATAR O PLANO DE GOVERNO PARA ÁREA DA SEGURANÇA PÚBLICA.

O candidato a Governador do Estado pela coligação “Viva Mato Grosso” José Riva se reuniu na manhã desta terça-feira (22/07), com os presidentes das Associações dos policiais e bombeiros militares de Mato Grosso, para discutir propostas que irão integrar o plano de governo na área de Segurança Pública de sua coligação. Consulte mais informação

ASSOCIAÇÕES COBRAM DO SECRETÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA, O PAGAMENTO DA ETAPA FARDAMENTO DOS MILITARES PROMOVIDOS EM 21 DE ABRIL E 02 DE JULHO DESTE ANO.

Na última quinta-feira (17/07) as associações PM/BM estiveram reunidas com o Secretário de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso, Alexandre Bustamante dos Santos para tratar do não recebimento por parte dos militares promovidos em abril e em julho deste ano, da etapa fardamento prevista no Estatuto. Consulte mais informação

POLÍCIAS MILITAR E CIVIL CONSEGUEM REESTRUTURAÇÃO SALARIAL DAS CARREIRAS.

A reestruturação da carreira e aumento salarial da Polícia Militar e Civil foi aprovada pelos deputados estaduais na sessão noturna desta quarta-feira (3), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

A atuação do deputado José Riva (PSD) foi considerada como decisiva para as categorias nos pleitos da Polícia Militar, com a conquista da reestruturação salarial de aproximadamente 30% para os oficiais e 45% para os praças. Já para a Polícia Judiciária Civil (PJC), o acréscimo foi de 15% para investigadores e escrivães. Os reajustes começam a valer em janeiro do próximo ano.

Segundo o presidente da Associação de Cabos e Soldados, cabo Adão Martins da Silva, a mediação de Riva foi imprescindível para a conquista da categoria.

“Já estávamos sem perspectiva de reposição salarial e o deputado Riva foi fundamental para essa vitória. O governo também foi sensível ao nosso pedido e todos os militares estão felizes com a valorização”.

Presidente da Associação dos Oficiais de Mato Grosso, Major Wanderson Nunes, afirmou que a categoria agradece o empenho do deputado, que sempre defendeu melhorias salariais e estruturais para os policiais.

“Para nós, o aumento foi histórico. Nunca antes, na história da Polícia Militar, tivemos acréscimo salarial tão significativo. Conseguimos, fruto da união das associações, do comando-geral, e principalmente da interlocução da Assembleia Legislativa junto ao Governo do Estado, através do deputado Riva, que nos acolheu e sempre olhou as nossas causas. Recebi mais de 100 ligações apenas hoje de policias felizes com a aprovação da mensagem”, afirmou.

De acordo com o presidente da Associação dos Sargentos, Subtenentes, Oficiais administrativos e Especialistas (ASSOADE), Luciano Esteves Correa da Costa, a participação de Riva foi decisiva para a reestruturação da carreira dos militares.

“A Assembleia Legislativa sempre abraçou o pleito da categoria e por isso, pedimos o apoio para a reestruturação salarial. Fomos contemplados e agradecemos o deputado Riva, que intermediou as conversas com o Poder Executivo e defendeu o nosso pedido”, agradeceu.

Riva lembrou que as categorias mereciam a reestruturação da carreira em função do empenho e dedicação para a manutenção da segurança pública. “Precisamos valorizar os nossos servidores e a Assembleia Legislativa sempre foi parceira das categorias na defesa dos seus pedidos”, argumentou.

INTERMEDIAÇÃO – A intermediação dos deputados estaduais impediu, inclusive, que as categorias entrassem em greve. Os militares, por exemplo, fizeram manifestação em maio com cerca de mil praças e oficias que estiveram na Assembleia Legislativa, pedindo apoio dos parlamentares. Na oportunidade não descartaram o aquartelamento e afastaram a possibilidade após a abertura do diálogo com o Poder Executivo, com intermediação de Riva.

Com os investigadores e escrivães também foi da mesma forma. Houve ameaça de greve em função do Governo do Estado recusar a abertura do diálogo. A categoria pediu o apoio de Riva, que intermediou o contato e posteriormente os avanços aconteceram e a reestruturação salarial foi definida.

“Quando todas as portas estavam fechadas para nós, o deputado Riva interviu e conseguimos a abertura do diálogo com o Governo, que resultou na reestruturação da carreira. Agradecemos mais uma vez o parlamentar, que sempre está ao lado dos servidores e nunca se recusou a atender nenhuma carreira”, explicou a presidente licenciada do Sindicato dos Escrivães (SINDEPOJUC), Genima Evangelista.

A reestruturação da carreira e reposição salarial representa a valorização dos investigadores e escrivães, de acordo o presidente do Sindicato dos Investigadores da Polícia Civil (SIAGESPOC), Aníbal Marcondes Fonseca.

“Tentamos muito abrir diálogo, mas recebíamos sonoros não da equipe econômica do governo. Procuramos o deputado Riva e com a interlocução dele, houve a abertura das negociações e fomos atendidos com o aumento. Toda a categoria está satisfeita”, confirmou.

 

Data: 03/07/2014
Fonte: Kleverson Souza – Assessoria da Assembleia Legislativa de MT